Pular para o conteúdo principal

EIS QUE ME FAÇO LIVRE, SENHOR DE MINHAS ESCOLHAS

Com efeito, sou um existente que aprende sua liberdade através de seus atos, mas sou também um existente cuja existência individual e única temporiza-se como liberdade [...] Assim, minha liberdade está perpetuamente em questão em meu ser, não se trata de uma qualidade sobreposta ou uma propriedade de minha natureza;  é bem precisamente a textura de meu ser....(SARTRE, 1998, P.542/543).
 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUANDO A IMAGEM DISPENSA QUALQUER COMENTÁRIO

Wait for me

FALO ACORRENTADO