Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

O DIREITO DA ESCOLHA...

Amo, incondicionalmente, toda humanidade, mas expresso com quem me afiniza, agrada ou apetece. Para que o Amor seja verdadeiro, devo desenvolvê-lo por mim mesma. Me conhecer plenamente (físico, mental, intelectual, espiritual, psicológico) e perceber que o meu organismo responde a essas engrenagens e que, do funcionamento harmonioso, depende, minha saúde. Respeito meu corpo, respeito meu ser e desejo que outros seres o respeitem também. Pois assim exercito as Dávidas da Vida: Dar, Receber e Retribuir!

INTIMIDADE, LIBERDADE E SEXUALIDADE

Intimidade,  Liberdade e Sexualidade
Caros Leitores,
Vamos falar um pouco do tema intimidade, liberdade e sexualidade, especificamente ao público feminino que foi reprimido ao longo de sua história, bloqueando suas opiniões, opções e desejos sexuais. Não posso deixar de mencionar que os homens, pelo menos alguns, também tenham seus bloqueios, mas em sua minoria.  O desejo de partilhar, meus sentimentos, experiências e conhecimento, aumenta a cada dia, o tema "sexualidade" tem despertado em mim extremo interesse, vez que a cada momento vivenciado permito um esvaziamento das ideias já formadas e um novo olhar para o futuro. Um encontro na Ordem LaCaves permite-nos uma sensação de liberdade e leveza, a nítida sensação de que deixamos para trás as energias acumuladas, ou seja, as couraças que há muito nos incomodam, permite-nos ainda uma sensação de maior entendimento diante diversas situações do cotidiano. A sexualidade e intimidade, peculiar a cada humano, quando bem resolvida pro…

SÓ OS LOUCOS SABEM

Agora eu sei exatamente o que fazer
Bom recomeçar poder contar com você
Pois eu me lembro de tudo irmão, eu estava lá também
Um homem quando está em paz não quer guerra com ninguém
Eu segurei minhas lágrimas, pois não queria demonstrar a emoção
Já que estava ali só pra observar e aprender um pouco mais sobre a percepção
Eles dizem que é impossível encontrar o amor sem perder a razão
Mas pra quem tem pensamento forte o impossível é só questão de opinião

E disso os loucos sabem
Só os loucos sabem
Disso os loucos sabem
Só os loucos sabem

Toda positividade eu desejo a você
pois precisamos disso nos dias de luta
O medo cega os nossos sonhos
O medo cega os nossos sonhos
Menina linda eu quero morar na sua rua

Você deixou saudade
Você deixou saudade
Quero te ver outra vez
Quero te ver outra vez
Você deixou saudade

Agora eu sei exatamente o que fazer
Bom recomeçar poder contar com você
Pois eu me lembro de tudo irmão, eu estava lá também
Um homem quando esta em paz não quer guerra com ninguém
Charlie Brow Jr.

Ao postar…

O DESPERTAR CINESTÉSICO: PRÁTICAS TÂNTRICAS

Expressar o Amor, por meio de toques e manobras corporais, é a base técnica das práticas tântricas contemporâneas.  No Tantra, existem diversos exercícios nos quais são trabalhados e desbloqueados todos os segmentos do corpo: olhos, boca, pescoço, peito, diafragma, pélvis, pernas e pés. Estes trabalhos permitem a liberação e a expansão da energia reprimida, através de vibrações espontâneas no corpo, que emergem durante o processo, bem como a manifestação livre da expressão. A Terapêutica Tântrica ajuda a desbloquear as expressões e emoções através de exercícios e trabalhos que desprogramam e desmontam essas memórias neuro-musculares, dissolvendo as couraças e abrindo a expansão da comunicação, da expressão e da respiração. Esses trabalhos desmancham os bloqueios psicológicos e emocionais registrados no corpo, permitindo o resgate e a ressignificação dos sentimentos e emoções.

ENTRE A SERPENTE E A ESTRELA

Há um brilho de faca
Onde o amor vier
E ninguém tem o mapa
Da alma da mulher... Ninguém sai com o coração sem sangrar
Ao tentar revelar
Um ser maravilhoso
Entre a serpente e a estrela...

Um grande amor do passado
Se transforma em aversão
E os dois lado a lado
Corroem o coração...
Não existe saudade mais cortante
Que a de um grande amor ausente
Dura feito um diamante
Corta a ilusão da gente...

Toco a vida prá frente
Fingindo não sofrer
Mas o peito dormente
Espera um bem querer...

  E sei que não será surpresa
Se o futuro me trouxer
O passado de volta
Num semblante de mulher...



O passado de volta
Num semblante de mulher...

ZÉ RAMALHO