Pular para o conteúdo principal

Postagens

EM ALGUM LUGAR ALÉM DO PARAÍSO

Somewhere over the rainbow Way up high And the dreams that you dreamed of Once in a lullaby ii ii ii Somewhere over the rainbow Blue birds fly And the dreams that you dreamed of Dreams really do come true ooh ooh
Postagens recentes

iniciação em MiraFlores

A vida em MiraFlores é a profunda aceitação do ser e como tal sua chegada requer que todos absolutamente todos os membros possam lhe dar as boas vindas e sentir o quão você deva ser importante para o grupo

PICANTE E SABOROSA ASSIM COMO A VIDA DEVE SER

Vida Já perdoei erros quase imperdoáveis,
tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas
que eu nunca pensei que iriam me decepcionar,
mas também já decepcionei alguém. Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos,
e amigos que eu nunca mais vi. Amei e fui amado,
mas também já fui rejeitado,
fui amado e não amei. Já gritei e pulei de tanta felicidade,
já vivi de amor e fiz juras eternas,
e quebrei a cara muitas vezes! Já chorei ouvindo música e vendo fotos,
já liguei só para escutar uma voz,
me apaixonei por um sorriso,
já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo). Mas vivi!
E ainda vivo!
Não passo pela vida.
E você também não deveria passar! Viva!! Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe
e vencer com ousadia,
porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é muito p…

OUSAR

"Ouse, ouse... ouse tudo!!! Não tenha necessidade de nada! Não tente adequar sua vida a modelos, nem queira você mesmo ser um modelo para ninguém. Acredite: a vida lhe dará poucos presentes." Lou Andreas- Salomé
Perguntais-me como me tornei louco. Aconteceu assim: Um dia, muito tempo antes de muitos deuses terem nascido, despertei de um sono profundo e notei que todas as minhas máscaras tinham sido roubadas – as sete máscaras que eu havia confeccionado e usado em sete vidas – e corri sem máscara pelas ruas cheias de gente gritando: “Ladrões, ladrões, malditos ladrões!” Homens e mulheres riram de mim e alguns correram para casa, com medo de mim. E quando cheguei à praça do mercado, um garoto trepado no telhado de uma casa gritou: “É um louco!” Olhei para cima, para vê-lo. O sol beijou pela primeira vez minha face nua. Pela primeira vez, o sol beijava minha face nua, e minha alma inflamou-se de amor pelo sol, e não desejei mais minhas máscaras. E, como num transe, gritei: “Benditos, benditos os ladrões que roubaram minhas máscaras!”
Assim me tornei louco. E encontrei tanto liberdade como segurança em minha loucura: a liberdade da solidão e a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos com…

OUSE VIR AO ENCONTRO